O QUE É PSICOPEDAGOGIA?


A Psicopedagogia é um campo do conhecimento que se propõe a integrar, de modo coerente, conhecimentos e princípios de diferentes Ciências Humanas com a meta de adquirir uma ampla compreensão sobre os variados processos inerentes ao aprender humano.

Enquanto área de Conhecimento Multidisciplinar, interessa a Psicopedagogia compreender como ocorre os processos de aprendizagem e entender as possíveis dificuldades situadas neste movimento.

Para tal, faz uso da integração e síntese de vários campos do conhecimento, tais com a Psicologia, a Psicanálise, a Filosofia, a Psicologia Transpessoal, a Pedagogia, a Neurologia, entre outros.


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Modelos de Atividades para Intervenção Psicomotora

Jogo das varetas
Jogo com bola em equipe - trabalha a psicomotricidade relacional
Amarelinha
Rastejar
Pular, jogar bolinha, rampas, rolos
Twister - Orientação temporal, espacial, lateralidade e corpo
Escorregador, minhoca(túnel), bicicleta
Natação
Quebra-cabeça - orientação espacial, lateralidade
Massinha - exercícios grafomotores
Coordenação motora- orientação visual e espacial
Escrever 
Equilíbrio
Equilíbrio
Bambolê - orientação espacial
Equilíbrio - propriocepção - orientação espacial
Jogos de encaixe
Orientação espacial
Pinçar
Pintura
Orientação espacial
Pinçar, recortar e colar
Pinçar- reconhecimento do alfabeto
Pontilhado
Massinha- formar alfabeto
Enfiar contas, macarrão
Caixa de Areia

Entrevista para Jornal Metro- com Thereza Bianchi

Veja a íntegra da matéria publicada no JORNAL METRO, no último dia 04 de Outubro, onde a Presidente da Seccional da EPB - SP - Centro e Psicopedagoga, Thereza Bianchi dá dicas para Pais com "Pequenos indomáveis" . 

"Concorrência Desleal "(Internet) - 10/outubro de 2012.





quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

ARTE E CRIATIVIDADE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Arte é a linguagem básica dos pequenos e deve merecer um espaço especial, que incentive a exploração, a pesquisa, o que certamente não será obtido com desenhos mimeografados e exercícios de prontidão”.(Martins, Picosque e Guerra, 1998, p. 102)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

PSICOMOTRICIDADE - PROPRIOCEPÇÃO


O que é a propriocepção?
Suponha que você esteja carregando uma mochila e livros. Evidentemente você está "sentindo" o peso dos objetos e, se tivesse de olhos fechados, saberia perfeitamente que os braços estão fletidos e que está em pé. A capacidade de detectarmos a posição das articulações, se estão ou não em movimento se deve aos proprioceptores.   O sentido de propriocepção é mais difícil de descrevê-lo do que as outras submodalidades da somestesia mas podemos afirmar que  se não o possuíssemos, não sentiríamos o peso do nosso corpo, não conseguiríamos segurar os objetos direito com as mãos e tão pouco nos manteríamos em pé de olhos fechados. Se não tivéssemos a propriocepção sentiríamos o tempo todo com a sensação que temos quando a perna ou braço ficam temporariamente "adormecidos".
Apropriadamente, os proprioceptores estão localizados nos músculos (fusos musculares), tendões (órgãos tendinosos de Golgi) e nas cápsulas articulares (corpúsculos de Ruffini). A idéia de que esses receptores são "próprios" é porque a principal fonte de estimulação desses receptores é provocada pela posição e movimento do nosso próprio corpo.
Experimente: De olhos fechados e sem fazer nenhuma manipulação, peça para alguém colocar um objeto sobre a palma da sua mão e tente descobrir o que é. Se não descobriu, manipule-o à vontade. Combinando as experiências tátil e proprioceptiva fica bem mais fácil, não é? É assim que descobrimos, facilmente, o que tem em nossos bolsos, sem vê-los.   


ATIVIDADES PROPRIOCEPTIVAS:

FONTE:http://www2.ibb.unesp.br/Museu_Escola/2_qualidade_vida_humana/Museu2_qualidade_corpo_sensorial_somestesia3.htm



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Olá amigos 

Trabalhar com alunos, filhos, crianças em geral, requer muita disciplina tanto dos pais quanto dos educadores. Educar não é fácil e sei também que essa função é única e exclusiva dos pais, pois a escola apenas tem a tarefa de orientar e reforçar os valores transmitido pelos pais.
Por essa razão estou postando materiais importantes para leitura e acredito que auxiliará tanto pais e educadores a educar e orientar melhores seus filhos e pais. 
Aproveitem a leitura!
beijos 
Thereza Bianchi

12 erros que os pais cometem:
http://www.sosprofessor.com.br/downloads/12%20Erros%20que%20os%20Pais%20Cometem.pdf

terça-feira, 15 de novembro de 2011

LIVRO - THEREZA BIANCHI

Título: TRANSTORNOS E DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM  
entendendo melhor os alunos com necessidades educativas especiais.

Faço parte dessa obra organizada por Simaia Sampaio e Ivana Braga de Freitas
Meu artigo - Disgrafia: Uma análise Psicopedagógica e Psicomotora de crianças com dificuldades na escrita
Sinopse:
A Educação Especial, tradicionalmente realizada em escolas voltadas a um público específico, vem cedendo espaço gradativamente para as escolas regulares. É o que se pode chamar de Inclusão: a inserção de crianças com dificuldades específicas em uma sala de aula regular.
Contudo, considerar a inclusão apenas o aspecto integrativo é algo muito superficial e contraditório ao conceito e ao propósito deste processo. Sendo assim, cabe ao profissional de Educação buscar meios de aprimorar sua prática atendendo efetivamente a esse público diversas vezes tão heterogêneo, alinhando sua conduta e intervenção às necessidades desse(s) aluno(s).
Este livro proporciona orientações diversificadas e essenciais para quem vive o contexto escolar e considera as Necessidades Educativas Especiais (NEE) de forma ampla trazendo uma análise detalhada de diversos transtornos ligados à infância e à adolescência, fase à qual a educação infantil e o ensino fundamental estão relacionados. Trata-se de uma obra atualizada, mostrando os avanços e as pesquisas relacionados ao contexto da inclusão, e escrita por profissionais especializados, que lidam diretamente com as dificuldades e os transtornos de aprendizagem tanto nos consultórios como nas salas de aulas.



Valor do Livro R$ 52,00 mais o frete 


PARA QUEM DESEJAR ADQUIRIR O LIVRO, É SÓ ENVIAR SEUS DADOS  E SERÁ 

ENTREGUE EM 10 DIAS APÓS O RECEBIMENTO EM CONTA. 
( o valor do frete será analisado pelo CEP.) 

therezabianchi@gmail.com






terça-feira, 7 de junho de 2011

CURSO ONLINE DE PSICOMOTRICIDADE E APRENDIZAGEM

CURSO ONLINE DE PSICOMOTRICIDADE E APRENDIZAGEM PARA PROFISSIONAIS E ALUNOS DA ÁREA.


INÍCIO IMEDIATO


Após a inscrição pelo site: www.psicopedagogavaleria.com.br, (CURSOS) o participante recebe via e-mail a senha de acesso e nome de usuário para entrar no ambiente virtual de estudos e iniciar.


Tutoria: Thereza Bianchi
Pedagoga, Psicopedagoga e Psicomotricista, Presidente da Escola de Pais do Brasil - seccional São Paulo-centro


Objetivo: Oferecer atualização temática a acadêmicos e profissionais de nível superior, interessados no estudo da psicomotricidade.


Conteúdo:
MÓDULO I
- DEFINIÇÃO E HISTÓRICO DA PSICOMOTRICIDADE
- A LINGUAGEM DO CORPO (VÍDEO)
- CONHECIMENTO CORPORAL
- ESQUEMA CORPORAL
- COMO SE DESENVOLVE O ESQUEMA CORPORAL ?
- ALGUMAS FORMAS DE TRABALHAR O ESQUEMA CORPORAL.
- IMAGEM CORPORAL
- TONICIDADE
- LATERALIDADE
- LATERALIDADE CRUZADA
- EQUIILÍBRIO
- COORDENAÇÃO MOTORA OU PRAXIA GLOBAL
- PRAXIA FINA
- ORIENTAÇÃO ESPAÇO TEMPORAL
- ORIENTAÇÃO ESPACIAL
- NOÇÃO TEMPORAL
- RELAXAMENTO
- RESPIRAÇÃO
- TECNICAS DE RELAXAMENTO PARA CRIANÇAS
- O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR


MÓDULO II
-DISTURBIOS PSICOMOTORES
-LATERALIDADE E PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM
-COMO A EDUCAÇÃO FÍSICA E A ESCOLA PODEM CONTRIBUIR PARA DIMINUIR AS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM
-SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA AJUDAR A EVITAR POSSÍVEIS PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM
-EDUCAÇÃO PSICOMOTORA COMO PAR INTEGRANTE DE TODA A ATUAÇÃO PEDAGÓGICA
-A EDUCAÇÃO ATRAVÉS DO CORPO
I-NTERAÇÕES DAS FUNÇÕES MOTORAS, PSICOMOTORA E PERCEPTIVAS COMO AS FUNÇÕES PERMANENTES COGNITIVAS
-A ESCRITA É ANTES DE MAIS NADA, UM APRENDIZADO MOTOR
-PSICOMOTRICIDADE E ATENÇÃO
-PSICOMOTRICIDADE, LEITURA E ESCRITA
-PSICOMOTRICIDADE E MATEMÁTICA
-O PROFESSOR E A PSICOMOTRICIDADE
-PSICOMOTRICIDADE E LUDICIDADE


MÓDULO III
BATERIA DE AVALIAÇÃO PSICOMOTORA
APLICANDO O TESTE BPM
RELATO DE TESTES APLICADOS E CRIANÇAS


MÓDULO IV
- SUGESTÕES DE INTERVENÇÕES PSICOMOTORAS


Público-alvo: Professores, psicopedagogos, Acadêmicos em fase de graduação ou especialização; Mestrandos; Doutorandos e Profissionais da Educação Infantil, Pedagogia, Arte terapia, Psicanálise, Psicologia, Serviço Social, Sociologia Clínica, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional e demais estudiosos interessados pela temática e pesquisa sobre psicomotricidade.
Duração: 60 dias após a inscrição.
Certificado: 20 dias após a conclusão da oficina.(via e-mail).


INSCRIÇÕES: www.psicopedagogavaleria.com.br (CURSOS)


Contato: cursos@psicopedagogavaleria.com.br



FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO

quarta-feira, 13 de abril de 2011


Diante da dúvida que permeia a cabeça de muitos pais sobre a questão da lateralidade (predominância motora de um dos lados do corpo), quando vê o bebê segurando o brinquedo ora com uma mão, ora com outra, os especialistas garantem que essa é uma agilidade motora normal, já que nesta faixa etária a criança é ambidestra (habilidade com as duas mãos). 

A lateralidade é determinada por volta dos 6 aos 8 anos, no entanto antes dessa fase a criança manifesta sua escolha quanto ao uso de uma das mãos. 
As causas que originam a lateralidade da criança ainda não apresentam uma conclusão definitiva, porém alguns cientistas sustentam a idéia da determinação genética. Sendo assim, uma característica adquirida dos pais. Segundo estudo realizado no início dos anos 90, filhos de pais destros têm 9,5% de chance de ser canhotos. A possibilidade aumenta de 19,5%, quando o pai ou a mãe é canhoto. Em casos que o pai e a mãe são canhotos, o filho poderá apresentar 26% de chance de ser canhoto. 
A lateralidade é dominada pelo cérebro, sendo que os movimentos da parte esquerda do corpo são estimulados pelo hemisfério cerebral direito e vice-versa. 
Antigamente, as crianças canhotas eram vistas como anormais. Na escola recebiam castigos como “reguadas” e tinham o braço esquerdo amarrado pelos professores.
A lateralidade da criança não deve ser reprimida, uma vez que pode ocasionar prejuízos à criança, como afirmam os neurologistas. Um exemplo disso é a dificuldade em ser alfabetizada quando são canhotas e obrigadas a utilizar a mão direita. A leitura e a escrita também podem ser retardadas. Podem enfrentar problemas de orientação espacial, fazendo-as tropeçar e trombar nas coisas.